Temos experiência e qualificação para prestar atendimento personalizado e estratégico à sua operadora.

Sobre Nós

Há mais de 15 anos, a Sallus Gestão em Saúde e Assessoria Contábil nasceu da percepção de seu fundador de que as operadoras de planos de saúde e odontologia necessitam de soluções estratégicas para atender às normas técnicas regulamentadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e de serviços contábeis voltados à suas demandas. Atualmente, a Sallus tem abrangência nacional atendendo mais de 130 clientes satisfeitos com o nosso trabalho.

Porque contratar a Sallus?

Nossa Equipe

A equipe da Sallus é composta por profissionais qualificados em Administração de Empresas, Contabilidade, Direito, Ciências Atuariais, Estatística, Recursos Humanos e Enfermagem. Os nossos colaboradores têm experiência na área de saúde suplementar para oferecer soluções personalizadas ao perfil e às necessidades de gestão e contabilidade das operadoras de Planos de Saúde e Odontologia.

Diretor Presidente

Pedro Pereira é o responsável pela criação da nossa história. Com mais de 25 anos de experiência, tem uma visão inovadora do mercado. Graduado em Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Ciências Atuariais e pós-graduado em Gestão Empresarial, é pioneiro nos serviços contábeis para operadoras de planos de saúde e odontologia e especialista em consultoria técnica e atuarial em saúde, seguros e previdência.

Descubra nossas soluções para sua operadora. Solicite uma proposta e saiba mais sobre os nossos serviços.

1 de agosto de 2017

ANS abre consulta pública sobre Programa Especial de Escala Adequada

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) dará início à consulta pública da Resolução Normativa (RN), que institui o Programa Especial de Escala Adequada (PEA). O objetivo é viabilizar a continuidade da assistência à saúde dos beneficiários de operadoras de pequeno e médio portes que avaliam não ter condições de atuar na saúde suplementar como ofertantes de planos de saúde e buscam uma saída ordenada do mercado. Além disso, o programa incentiva o aumento de escala das operações de pequeno porte, com o intuito de promover maior sustentabilidade e melhores condições de prestar serviços de plano de saúde, conforme a regulação vigente, a seus beneficiários. A publicação sobre a consulta está no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (31/07), mas as contribuições deverão ser enviadas a partir do dia 07/08. “Com esse programa, busca-se manter a cobertura de plano de saúde dos beneficiários daquelas operadoras que têm dificuldades de prover assistência tal qual preconizado na regulação ou que avaliam não ter condições de manterem-se como operadoras no longo prazo”, explica o diretor da ANS, Leandro Fonseca. O programa é constituído por dois eixos: 1. viabilização da saída ordenada voluntária de operadoras de pequeno e médio portes mediante oferta pública […]